Tuesday, January 31, 2006

A ETERNA REJEIÇÃO AOS FILMES DE HOLLYWOOD


escrito ao som de Emir Kusturica And The No Smoking Orchestra.

Ando evitando ver qualquer filme que tenha custado mais do que 500 mil doláres!!!... Tá, tudo bem, tenho visto ainda muitos filmes que custaram muito mais do que esses 500 mil doláres, mas não lembro (pelo menos agora) de nenhum que tenha me agradado. Na verdade, nem filmes vagabundos tem me agradado. Ou estou muito chato mesmo ou os cineastas estão muito preguiçosos... Não sei, só sei que isso tudo (a falta de filmes bons novos) me fez refletir sobre outra coisa mais grave ainda: Qual é a diferença entre o cineasta trash e o cineasta transgressor que existe dentro de nós?
Cineasta trash sonha em se tornar parte da indústria, parte do sistema. Cineasta trash faz seu lixo pensando em conseguir um emprego na máquina do sistema para agradar os patrões e arrecadar dinheiro do público (que cada vez é mais ignorante e boçal) para poder ter carrões, mansões, mulherões e todos esses (milh)ões almejados na vida em sociedade desde os primórdios de todos os tempos. Exemplos: Peter Jackson, Sam Raimi, John Landis, John Carpenter, Joe Dante, Tobe Hooper, David "sem talento" Lynch, entre outros escravos dos estúdios americanos. Eles simplesmente poderiam ter dito não à isso tudo e, com certeza, continuariam fazendo seus filmes com orçamentos independentes.
Já o Cineasta verdadeiramente transgressor (ou marginal, ou experimental, escolha o rótulo que te agrada mais) só quer avacalhar com a máquina industrial, perverter a ordem natural das coisas, rir do sistema e seus escravos bem vestidos. É aquele cara que está sempre pensando e agindo para desagradar o patrão, é o soldado com massa pensante que enerva o general. Na minha humilde opinião (olha só, sei ser humilde, hehehehehhehehehehe) devemos ser sempre assim, pedras nos sapatos dos poderosos. Exemplos: Lloyd Kaufman, José Mojica Marins, Fernando Arrabal, Koji Wakamatsu, Joe D'Amato, Jesus Franco, Jörg Buttgereit, Rogério Sganzerla, Ozualdo Candeias e outros, que sempre optaram por realizar seus trabalhos com grana minguada mas honesta.
Esse micro-texto-devaneio não tem nenhum propósito além de se propor a fazer com que os leitores do blog reflitam sobre a ditadura imposta pela indústria cultural que faz com que as pessoas cada vez mais engulam obras vazias.

Bem, e agora, para me contradizer completamente:
CINCO TRASH-MOVIES PARA RIR BABANDO SALIVA PELOS CANTOS DA BOCA

* MARS NEED WOMEN (1967/82 min.) de Larry Buchaman.
* THE WILD WILD WORLD OF BATWOMAN (1966/91 min.) de Jerry Warren.
* NUDE ON THE MOON (1962/70 min.) de Doris Wishman.
* PLEASE, DON'T EAT MY MOTHER! (1972/97 min.) de Carl Monson.
* THE ASTRO-ZOMBIES (1969/91 min.) de Ted V. Mikels.
* HORROR OF PARTY BEACH (1964/92 min.) de Del Tenney.

Procurem baixar esses filmes que são diversão garantida. Alienigênas em malhas colantes com anteninhas ridículas na cabeça, mulheres gostosas das décadas passadas sem o tédio das malhações sem graça e implantes de silicones, monstros de borrachas, plantas carnívoras de papelão, espaçonaves espaciais saídas de um ferro velho de aviões, atores canastrões empenhados em fazer a audiência rir e se esbaldar com situações inacreditáveis. Para reviver as emoções das sessões da tarde, abra uma cerveja, pegue uma pizza e boas gargalhadas.
P.S. - a foto acima é do filme "Please, Don't Eat My Mother!".

1 Comments:

Blogger Jack Zumbi said...

é mais ou menos isso ai mesmo, tem cerca de uns dois anos q ando muito descontente com os filmes q se encontram nas locadoras, já reparei q fico muito mais na seção de re-lançamentos em dvds do que os lançamentos propriamente ditos! Tô preferindo muito mais ver um "Comando pra matar" ou um "Stallone Cobra" do que ver um "Triplo X" da vida! Acho q de tempos em tempos as coisas tomam rumos q vão ser seguidos por TODOS! O próprio cinema asiático está se tornando mais "capitalista" tb, veja por exemplo, filmes bacanas como "The Eye" ou "Ju-On" se tornam franquia$$$ interminávíes, ao meu ver nos anos 80 as franquias eram menos pretenciosas, hj em dia está na cara q os filmes são sequenciados pra lucrar mesmo, exemplo recente, "O Filho do Máskara", gente, o primeiro foi até bacaninha e tals, mas chega (tanto q o próprio Jim ñ aceitou participar dessa tralha, mas ai eles fazem com outro cara mesmo e dane-se o cara q vai assistir o filme)! Ainda sobre os asiáticos: não consigo perdoar o Nakata e o Shimizu por terem refilmado seus filmes para amaricanos ñ terem q ficar lendo "legendas" (vejam os "chamados" e os "griyos" originais e constatem como são bem melhores q os remake$$$ dirigidos pelos próprios autores). Não concordo sobre o David Lynch (eu ainda gosto dos filmes dele), gosto bastante tb dos filmes do David Cronenberg! Acho e ele (o cronenberg) é um dos ultimos cineastas bacanas em atividade, digo isso pq acabei de ver o novo do Tobe Hooper e ñ consegui acreditar q aquela merda tinha sido feita pelo mesmo cara q um dia fez o (melhor filme do mundo) "O Massacre da Serra Elétrica", mas ñ confundir com esse remake (até razoável de 2003)! Veja gente por exemplo o novo filme de zumbis do Romero, me desculpem se ñ concordarem gente, mas eu achei bem fraco, uma decepção até1 Por mais q os filmes possam ser legais, ser legal ñ é ser um clássico, um filme q vc fica com ele na tua cabeça sabe? Atualmente aposto as minhas fichas no Rob Zombie, mas o cara só faz filmes legais pq ele tem uns quase 40 anos, ou seja, ele cresceu vendo tudo q é tipo de filmes e além disso é do Rock N' Roll, e o rock por essencia é pra quebrar a espinha do conservadorismo! Recentemente me surpreendi com o "Sin City" (amei aquilo tudo) e tem gente q entrega ele nas locadoras dizendo q "há eu ñ gostei desse sin city ñ, q filme mais estranho"1 Ou seja, ninguém mais assisti ou aluga um filme para ter "prazer" em ver um filme, o que existe agora é apenas "entretenimento" e os filmes conseguem, entreter mesmo já q ninguém percebe isso! Mas o mesmo acontece com a política, tá tudo ai na cara do povo e ele ñ faz NADA! E se vc quiser ver filmes legais, tente ver filmes mais baratos mesmo e antigos, o estilo é de sua preferencia, o q estou tentando dizer é q vc pode ver qualquer coisa q quiser, mas ñ veja apenas as coisas q querem q vc veja ok!

2:31 AM  

Post a Comment

<< Home